Agape do Brasil
Atendimento: (11) 2476-9453
Cadastre-se | Agape Do Brasil    Facebook | Agape Do Brasil Twitter | Agape Do Brasil You Tube | Agape Do Brasil Linkedin | Agape Do Brasil Google Plus + | Agape Do Brasil Blog | Agape Do Brasil

QUEM SOMOS NÓS? É MELHOR PERGUNTAR DO QUE RESPONDER...


Cristina A Schumacher
Cristina A Schumacher é escritora, coach, palestrante, tradutora, avaliadora e empresária. O foco de seu trabalho é a consciência da língua. Além de português, língua materna, Cristina fala fluentemente inglês, francês, alemão e espanhol e tem conhecimentos acerca de diversos outros sistemas linguísticos. Desenvolveu o conceito da Gestão da Palavra e com ele a noção de que as palavras fazem muito mais do que comunicar. Cristina é autora de 24 livros na área de ensino-aprendizagem de idiomas. Bacharel em tradução - Inglês/Alemão/Português pela PUCRS, e Especialista em Marketing e Mestre em Administração pelo Programa de Pós-Graduação em Administração da UFRGS, Cristina tem ainda formação em StoryTelling com JamesMcSill pelo McSill Studio, Reino Unido. Com certificados de proficiência em vários idiomas, Cristina trabalhou em institutos de idiomas, tendo criado o Senac Idiomas no Rio Grande do Sul, e atuou também como docente em algumas universidades. Foi membro do Departamento de Ciências Administrativas da UFRGS. Desde 1997 dirige também sua empresa, a Alinca Comunicação Internacional. Coaching para aprender inglês Is that a thing? It is. Em 10 horas você pode aprender e entender o que anos de cursos de inglês não conseguiram te ensinar. Como? Cristina Schumacher desenvolveu as ferramentas Questiontool© e Gramática Intuitiva© a fim de ensinar inglês de um jeito novo: a partir da língua que nascemos falando. Pensando sobre as palavras e o que elas fazem, a coach Cristina conscientiza sobre semelhanças e diferenças entre inglês e português, sem tradução!, e faz você entender inglês a passos largos. O método consegue estabelecer um caminho inédito que empodera e desenvolve autonomia comunicativa. Nada de Open your book on page.... Sem fazer uso de livros texto, e sim trabalhando com conteúdos diretamente relacionados com a área de interesse do aluno, com essas novas ferramentas acontece um desbloqueio. Os traumas ficam para trás e o processo de aprendizagem é reconstruído.



QUEM SOMOS NÓS? É MELHOR PERGUNTAR DO QUE RESPONDER...

 

Pergunta tola essa, pode ser que você pense. 

 

Não tenho a resposta, mas estou certa de que preciso fazer a pergunta. Muitas vezes. Pois quanto mais nos dermos a chance de investigar nossa natureza, maiores serão as chances de fazermos boas escolhas. E melhores as chances de darmos os passos certos. 

 

Passos? Sim, avanços, e até retrocessos, pois em qualquer direção que a gente se mova, é movimento o que a gente está produzindo. E o que move vive.

 

Mas então, quem somos nós? 

 

O melhor dessa pergunta não será, jamais, a resposta, e sim o exercício de respondê-la. Tratar a pergunta sobre a nossa identidade – quem somos? – como uma declaração que não cansamos de fazer.

 

Pois uma pergunta como “quem?” contém infinitas possibilidades de resposta. A resposta pode ser meu nome, pode ser minha profissão, pode ser quem sou em relação às pessoas com quem vivo, “mãe”, “pai”, “companheira”, “companheiro” colega, chefe, ... Pode ser uma descrição fortuita de um encontro corriqueiro, anônimo, “aquele que estava na reunião hoje quando”, “aquela que encontrei no elevador” e assim por diante. Quem somos depende do que fazemos, de quem nos vê e nos denomina. E muda toda hora.

 

Uma pergunta contém como “quem?” contém naturalmente várias respostas possíveis. Não congela a representação de alguém em um resposta apenas. 

 

Perguntar e insistir na pergunta é um excelente exercício de descoberta. Perguntar e insistir na pergunta ajuda na resolução de conflitos, na decisão sobre que direção tomar na carreira ou na gestão de pessoas, na conducão de um conflito à sua resolução ou ainda no rumo de um projeto…  Perguntar convida ao movimento, a ser dinâmico, a viver mais amplamente, pois mais nomes haverá para representar o que nos cerca.

 

Quem somos? Quem somos. Esse exercício e muitos outros são parte de sua intuição. Por ser alguém que se comunica naturalmente, você sabe muito mais sobre as palavras - e sobre como usá-las para se desenvolver - do que imagina.   Use a sua “gramática intuitiva”, a base da Gestão da Palavra.

 

 

A Gestão da Palavra é um conjunto de conceitos e procedimentos que propõe que se use a palavra como ferramenta de desenvolvimento contínuo. 

 

Uma Gramática Intuitiva é o livro escrito por Cristina A Schumacher (Rio de Janeiro, Editora EPU) que mostra como usar as perguntas para entender todos os tipos de palavras e como as usamos. Através do uso de perguntas do dia-a–dia, como quem, o que, quando, como, etc. o leitor explora  sua própria realidade, identidade e contexto para transformá-los e obter mais de sua interação consigo mesmo e os outros.

 






Digite sua busca:



Saber ou não saber português – do que estamos falando de verdade?
QUEM SOMOS NÓS? É MELHOR PERGUNTAR DO QUE RESPONDER...
Palavra, Intuição e Poder

Facebook | Curtir



REDES SOCIAIS

Facebook
Facebook
Twitter
Twitter



Linkedin
Linkedin
Youtube
Youtube



Agape do Brasil

AGAPE DO BRASIL
R. dos Três Irmãos, 201 - sala 56/57
Cep: 05615-190 – Morumbi - São Paulo - SP
Telefone: 11-2476-9453 | 98533-2998


© 2017 AGAPE DO BRASIL - Todos os direitos reservados.
Agência Criativa Imagem | Publicidade | Criação de Sites