Agape do Brasil
Atendimento: (11) 2476-9453
Cadastre-se | Agape Do Brasil    Facebook | Agape Do Brasil Twitter | Agape Do Brasil You Tube | Agape Do Brasil Linkedin | Agape Do Brasil Google Plus + | Agape Do Brasil Blog | Agape Do Brasil

Trabalho em Equipe: desafios e princípios


Prof. Jonny
Jonny é engenheiro mecânico, mestre e doutor em engenharia. Desde 1993, é professor da UFSC- Universidade Federal de Santa Catarina. Tem especialização pelo Kyushu International Center (Japão). Foi pesquisador visitante junto à Universidade de Lancaster, Inglaterra. Durante a EXPO2000, seu trabalho de doutorado recebeu reconhecimento com o Prêmio Shaping the Future, pela Universidade de Hannover, Alemanha. Tem mais de 40 artigos publicados entre congressos nacionais e internacionais nas áreas de Projeto e Inteligência Artificial. É co-autor do livro: Projeto integrado de produtos: planejamento, concepção e modelagem. Coordenou projetos de P&D para empresas como Petrobras, TBG e SCGAS, ministrou cursos para empresas como WEG, Embraer e Bosch. É coordenador do NEDIP-Núcleo de Desenvolvimento Integrado de Produto, e subcoordenador do PosMEC- Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica. Foi coordenador do curso de graduação em engenharia mecânica da UFSC, e diretor do DIP - departamento responsável por estágio desta universidade. Master Coach pelo IBC - Instituto Brasileiro de Coaching - PNL Practitioner (Metaforum International). Palestrante do II Congresso Brasileiro de Coaching em São Paulo. Jonny também realizou a palestra de encerramento do I Congresso Nacional de Engenharia da Mobilidade, Joinville. Proferiu palestras de cunho técnico no Brasil e no exterior. Há mais de 25 anos, membro da Comunidade Internacional Baha´i, com ações voltadas para: cultura de paz, direitos humanos, educação, relações internacionais entre outros temas.



Em função da intensa globalização, gerando um fluxo de informação, recursos físicos, financeiros e sobretudo de pessoas como nunca antes na história da humanidade, a complexidade do trabalho em equipe torna-se ainda maior, pois algo que já é bem dinâmico mesmo quando trabalhamos com “pessoas semelhantes”, torna-se ainda mais desafiador quando nos deparamos com a diversidade no ambiente de trabalho. Neste sentido, abordamos aqui alguns desafios e qualidades individuais que podem ser úteis.

O senso de missão é algo fundamental como elemento aglutinador de uma equipe. Quer você trabalhe no setor industrial, no comércio, num centro de pesquisa, ou em outro ambiente, seu grupo de trabalho tem, ou pelo menos deve ter, bem definida sua missão. E esta deve ser compartilhada por todos membros, e principalmente entendida pelo líder da equipe. Obviamente, em certos contextos, este senso de missão é tão intenso que está, por assim dizer, impregnado no DNA da organização, como é o caso de instituições ligadas a áreas estratégicas como espacial, militar ou de energia. Quando se tem o foco na missão, se reduz a ênfase aos pequenos problemas pessoais que, as vezes, geram desavenças entre os membros, e se amplia a interdependência do time.

Outro aspecto importante é a habilidade de comunicação. Vivemos numa sociedade em que se dá muito destaque à capacidade de expressão e, comparativamente, pouca atenção à percepção. Ocorre que a habilidade de perceber o outro, buscando entender a essência da mensagem, transmitida sobretudo de forma não verbal através dos gestos, postura corporal, nível de tensão da voz, dinâmica da respiração e outros elementos, faz total diferença na eficiência da comunicação. Estes aspectos são ainda mais relevantes ao líder da equipe que deve estar atento a como os membros encontram-se no momento da reunião.

Apesar da barreira do idioma, cada vez mais o Brasil absorve recursos humanos do exterior. Apenas como exemplo, segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, o número de engenheiros estrangeiros no Brasil cresce numa escala superior a 30% nos últimos anos. Neste sentido, o conhecimento de outras culturas se torna outro diferencial no mundo corporativo.

Além da competência técnica, cada vez mais valorizada, princípios como persistência, paciência e humildade intelectual podem servir de suporte na dinâmica de trabalho em um grupo diversificado. Em recente experiência na NASA, onde atuei como pesquisador, tive a oportunidade de vivenciar alguns dos desafios acima e aplicar estes princípios. Como resultado atuei em três projetos envolvendo seis pesquisadores oriundos de quatro países. Esta experiência aliada à busca constante de novos conhecimentos tem permitido abrir outros caminhos no mundo cada vez mais diverso.

Em sua próxima reunião, pense nestas dicas. Sucesso!


Prof. Jonny é engenheiro, professor, palestrante e coach.






Digite sua busca:



Decole sua carreira com o “Vento”
Trabalho em Equipe: desafios e princípios
Descubra rotas de conhecimento e impulsione sua carreira
Artigo- Visão, Estratégia, Resiliência resultam numa jornada à NASA
Trabalho em Equipe: desafios e princípios
Descubra rotas de conhecimento e impulsione sua carreira
Torne sua empresa uma geradora de conhecimento
Como está sua carreira? Aplique o “diário de bordo” e amplie seus horizontes
Em tempos de crise, por que não considerar um período sabático?

Facebook | Curtir



REDES SOCIAIS

Facebook
Facebook
Twitter
Twitter



Linkedin
Linkedin
Youtube
Youtube



Agape do Brasil

AGAPE DO BRASIL
R. dos Três Irmãos, 201 - sala 56/57
Cep: 05615-190 – Morumbi - São Paulo - SP
Telefone: 11-2476-9453 | 98533-2998


© 2017 AGAPE DO BRASIL - Todos os direitos reservados.
Agência Criativa Imagem | Publicidade | Criação de Sites